Requeijão vegano de castanha de caju

Ingredientes
200g de castanha-de-caju
Água filtrada
2 dentes de alho
1 colher (sopa) de óleo de coco
1 colher (sopa) de vinagre de maçã
Açafrão a gosto
Salsinha a gosto

Modo de preparo
Cubra a castanha-de-caju com água e deixe de molho por 8 horas. Após esse período, despreza a água do molho. Coloque a castanha no liquidificador, acrescente 200 ml de água filtrada e os demais ingredientes. Bata tudo por cerca de 5 minutos até ficar bem cremoso!

ESCONDIDINHO DE COGUMELOS ESPINAFRE E QUINOA

ESCONDIDINHO-DE-COGUMELOS-ESPINAFRE-E-QUINOA_proc

Ingredientes:

10 batatas grandes
200g de champinhons fatiados
200g de shimeji deflorados
300g de quinoa
300g de espinafre ou folhas de rúcula
1 cebola grande bem picada
2 dentes de alho picados
1 cálice de vinho tinto seco
1/2 xícara de leite vegetal
1 a 2 colheres de shoyu
¼ de xicara de salsinha picada
¼ de xicara de cebolinha picada
Pimenta moída na hora a gosto
1 colher de sopa de amido de milho
1 xícara de migalhas de pão fresco ou farinha de rosca
Azeite extra virgem
Sal a gosto
Modo de Preparo:

Descasque e corte as batatas. Coloque em uma panela grande com água suficiente para cobrir. Leve para ferver, tampe e cozinhe até ficar macio, cerca de 30 minutos. Escorra e transfira para uma tigela pequena.

Cozinhe a quinoa com caldo de legumes. Reserve.

Junte numa bacia 3 colheres de azeite as batatas, o leite e bata até obter um purê cremoso. Tempere com sal e pimenta agosto. Cubra e reserve. Pré-aqueça o forno a 250°C.

Aqueça 2 colheres de azeite em uma frigideira média. Adicione a cebola e refogue em fogo médio até ficar transparente. Adicione o alho e os cogumelos e continue a refogar até a cebola ficar dourada. Junte a cebolinha e deixe apurar.

Adicione aos cogumelos a quinoa e leve para ferver em fogo brando. Junte o vinho, shoyu, tempero e pimenta. Cozinhe em fogo brando por 5 minutos. Junte a salsinha. Combine o amido de milho com apenas água suficiente para dissolver em um pequeno recipiente. Junte à mistura e mexa. Reserve esse recheio.

Numa panela de água fervente, adicione o espinafre, um pouco de cada vez, apenas para amolecer tudo. Retire do fogo e ajuste temperos ao seu gosto. Pique e junte ao recheio.

Numa assadeira de vidro unte com azeite e polvilhe com farinha de rosca. Espalhe uniformemente sobre o fundo. Despeje o recheio, em seguida, cubra com o purê de batatas uniformemente por cima.

Asse por 30 a 35 minutos, ou até que as batatas começarem a dourar. Deixe descansar por 5 a 10 minutos, depois serva.

Os 8 Benefícios do Pêssego Para a Saúde

10805590_762849717098162_6842020645106720611_n

Saúde dos Olhos:
Os pêssegos são uma grande fonte de beta-caroteno (um composto que é convertido em vitamina A no organismo, e que é essencial para a saúde dos nossos retinas). Indivíduos com problemas de visão são muitas vezes deficiente em beta-caroteno, assim pêssegos consumir vai ajudar os seus níveis de beta-caroteno e nutrir a saúde dos seus olhos. Este composto também ajuda a prevenir a cegueira noturna e degeneração macular relacionada à idade.

Proteção contra as toxinas: ótima maneira de limpar as toxinas do seu cólon, rins, estômago e fígado. O alto teor de fibras empurra para fora qualquer questão dos resíduos tóxicos em excesso de seu cólon, e ajuda a proteger contra o câncer de cólon. pêssegos também são ricos em potássio, que reduz doenças relacionadas com rins e reduz as chances de desenvolvimento de úlceras.

Auxilia na perda de peso: Incluindo muita fruta madura suculenta fresca em sua dieta é uma ótima maneira de ajudar a controlar a fome e perder peso. pêssegos contêm açúcares naturais da fruta, para que eles não elevar o açúcar no sangue ou os níveis de insulina (apenas alimentos açucarados processados fazer isso – açúcares refinados e artificial que se depositam na forma de gordura no seu corpo). A doçura da fruta também controla os desejos de comida que você pode ter!

Combate ao Câncer:.Particularmente, eles contêm um antioxidante, o ácido clorogénico (concentradas na pele e carne do pêssego), o que é conhecido para proteger o corpo contra o cancro e outras doenças crónicas. Este antioxidante é também responsável pela redução da inflamação no corpo (ajudando aqueles que sofrem de artrite) e ajuda a retardar o processo de envelhecimento.

Saúde Cardiovascular: Ricos em ferro e vitamina K, que são duas substâncias importantes para manter o coração saudável. A vitamina K impede a coagulação do sangue e protege contra uma miríade de doenças cardíacas. Ferro mantém o sangue forte e saudável e previne contra a anemia por deficiência de ferro. O licopeno e luteína em pêssegos também reduzir significativamente o risco de desenvolver doenças cardíacas. Faça o seu sistema cardiovascular um favor e ir comer alguns pêssegos!

Limpeza dos Rins: O potássio dos pêssegos são ótimos para reduzir as doenças relacionadas com rins e ajuda a limpar a bexiga. A concentração de potássio e outras vitaminas permite que o seu corpo mante-la a função renal normal e fígado. Comendo pêssegos vai ajudar a evitar a nefrite e uma variedade de outras doenças renais, bem como ajudar a eliminar as pedras nos rins.

Saúde da Pele: Os níveis de vitamina C em pêssegos são muito altos! A vitamina C é um ingrediente essencial que beneficia a juventude da nossa pele (e também ajuda a manter nosso sistema imunológico alto!). pêssegos ajudar a retardar o processo de envelhecimento para que eles reduzem a formação de linhas finas e rugas na pele (graças aos antioxidantes, como a vitamina C e ácido clorogênico). Esfregar um pouco de pêssego em sua pele como uma máscara temporária é outra ótima maneira de desfazer a pele morta e permitir que as enzimas de pêssego para nutrir e refreshen sua pele.

Antioxidantes: Os antioxidantes ajudam a eliminar os radicais livres no organismo, que normalmente causam doenças com risco de vida e doenças como câncer, doenças auto-imunes e uma variedade de outras doenças..

Strogonoff vegano de shimeji e palmito

 

562842_356747757708362_1728458022_n.jpg

– 400gr de cogumelo shimeji
– salsa e cebolinha a gosto
– 400 gr de tomate cereja
– 3 cebolas médias
– 500 gr de tofu
– 1/2 xic azeite oliva
– 1/2 xic shoyo light
– 1/2 xic água
– 300 gr de palmito

Modo de preparo:

Retire os talos do cogumelo e separe os raminhos. Pique a cebolinha e salsinha, abra os tomates e retire as sementes, corte uma cebola em pedaços grandes e as outras duas em pedaços pequenos. No liquidificador bata o tofu, o azeite, a cebola em pedaços grandes, os tomates, os temperos verdes e se quiser, um pouco de sal.

 

Lichia

133730_149908428392297_4942262_o

A lichia possui propriedades nutricionais como:

vitaminas do complexo B, cálcio, sódio, potássio e vit C, antioxidantes que combatem câncer e problemas de coração; controla o colesterol e faz bem p/ pele.
A polpa da fruta possui pouca gordura, poucas calorias e muita água. Por isso, costuma ser indicada para quem deseja emagrecer.

 

Os 7 Benefícios da Cereja para Saúde

cereja

As Cerejas são uma excelente fontes de Vitaminas e minerais, tais como: Vitamina A, B1, B2, C, Niacina, cálcio, fósforo, ferro, lipídeos e flavonóides. .

Anti-inflamatórios: Cerejas ganharam fama como um dos mais poderosos anti-inflamatórios da natureza, o que significa que eles são benéficos para muitas condições diferentes. Isto é devido às antocianinas das cerejas que os pesquisadores mostraram ser eficaz contra os danos dos radicais livres e inibir enzimas ciclooxigenase melhor do que muitas drogas anti-inflamatórias.

Artrite: De acordo com a Arthritis Foundation, beber suco de cereja misturado com água três vezes por dia pode ser benéfico para pessoas com artrite. Isto é devido às suas propriedades anti-inflamatórias.

Saúde do coração: Uma dieta que inclui cerejas reduz todos os fatores de risco para a doença cardíaca, incluindo a inflamação, gordura corporal e colesterol.

Proteção contra o Câncer: Pesquisadores descobriram que as cerejas doces são uns lutadores contra o cancro, graças ao seu alto nível de um antioxidante chamado cianidina. cianidina é um importante eliminador do radicais livres e também pode promover a diferenciação celular, um processo importante na luta do organismo contra as células cancerosas.

Fonte de Energia: Antocianina também é bom para o cérebro e tem sido mostrado para melhorar a memória.

Rico em Beta-caroteno: cerejas são ricos em beta-caroteno, que contém 19 vezes mais do que mirtilos ou morangos.

Ajuda no Sono: cerejas contêm melatonina, um hormônio que regula os ciclos de sono do corpo.

Couve, o bife vegetal

1458513_585378654845270_389653976_n

Nutrição completa

Inflamações como artrite, doença cardíaca, entre outras condições auto-imunes, estão associadas ao consumo de produtos animais. A couve, assim, é uma excelente alternativa, não só para substituir o consumo de carne (para os vegetarianos), como para que o organismo não sofra deficiência de proteínas (para aqueles que querem descansar o corpo do bife diário). Sendo um dos principais alimentos anti-inflamatórios no reino vegetal, é potencialmente indicada para prevenir, e até mesmo reverter essas doenças.

Por cada caloria, uma folha de couve possui mais ferro que um bife, e mais cálcio que o leite. Contêm grande riqueza em fibra, que é um macronutriente (leia-se que é uma necessidade diária do corpo humano). Quantidade insuficiente de fibras é uma das principais causas de desordens no aparato digestivo. Alimentos ricos em proteína animal, como a carne, possuem pouca, ou quase nenhuma fibra. Já uma porção média de couve garante 5% da ingestão diária recomendada.

Se um pedaço de carne, normalmente, o que fornece são gorduras saturadas, a couve é rica em Ácidos Graxos Ômega 3, onde a porção média contém 121 miligramas de Ômega 3 e também Ômega 6. É rica em carotenóides e flavonóides, que são antioxidantes.

Os defensores do desenvolvimento sustentável do planeta, e os adeptos da comida saudável e orgânica, apontam outro motivo para que a couve substitua a carne: Couve cresce com facilidade em quase todos os tipos de clima, o cultivo é relativamente simples, seja numa fazenda, seja em casa. Por outro lado, para que se produza 1 quilo de carne bovina são necessários 16 quilos de grãos, 11 vezes mais a utilização de combustível fóssil, e cerca de 2.400 litros de água. Se apesar desta enorme diferença no custo de produção, e de todos os benefícios nutricionais, seu cérebro está achando difícil construir a imagem mental de um churrasco de couve, calma. Enquanto a realidade do planeta permitir que as “futurefood” não sejam obrigação, basta apenas incrementar o consumo deste vegetal, pelo menos para primar pela saúde.